Carrinho

A creatina é um aminoácido usado como um dos suplementos mais consumidos por quem quer maior resistência nos treinos. Alguns estudos mostram que esta suplementação também pode ser interessante para outras questões. Entre elas a preservar a massa muscular em idosos e prevenir doenças como Parkinson, Huntington e Alzheimer.

Está presente tanto nos alimentos de origem animal quanto no organismo humano, que o produz. A maior reserva de creatina do organismo está nos músculos esqueléticos, tanto na forma livre como na forma de creatina-fosfato o qual tem por função regenerar o ATP (trifosfato de adenosina) no citoplasma celular.

 

Efeitos da creatina

  • Bom para quem pratica exercícios: A creatina tem por função regenerar o ATP (trifosfato de adenosina) no citoplasma celular. O ATP é a principal fonte de energia do organismo e por isso sua presença é essencial para o desempenho físico.
  • Bom para quem tem atrofia giratória da coroide e retina: Nesta rara doença, com cerca de 100 casos descritos mundialmente, os pacientes têm altas concentrações de ornitina, que impedem a síntese de creatina no organismo e levam à uma deficiência secundária de creatina. A falta de creatina pode causar piora neurocognitiva, portanto, a suplementação com creatina teria um papel em normalizar os níveis de creatina no cérebro.
  • Retenção de líquidos: Existe a possibilidade do consumo do suplemento de creatina causar alguns efeitos colaterais. Um deles é a retenção de líquidos. A creatina é osmoticamente ativa, provoca aumento de seu conteúdo intracelular na forma de creatina livre e creatina fosfato no músculo, isso pode induzir um influxo de água para dentro da célula muscular, aumentando a água intracelular, o que pode dar uma falsa sensação de ganho de massa muscular.
  • Efeito citotóxico: Também há a possibilidade da creatina ter um efeito citotóxico, impedir o crescimento da célula. Isso porque a creatina pode ser convertida a formaldeído e peróxido de hidrogênio. O formaldeído poderia se ligar a proteínas e ao DNA levando a citotoxicidade.
  • Como tomar: O suplemento de creatina pode ser consumido na forma de pó ou cápsula. Ele só pode ser ingerido com a orientação de um médico ou nutricionista.Assim, o consumo deve ser realizado de acordo com a recomendação do profissional. Após 90 dias de uso contínuo, a orientação é realizar uma pausa de um mês para evitar que o organismo cesse a produção da substância.
  • Energéticos: Suplementos destinados ao aumento de energias. Neste separador encontramos produtos tais como QNT Mega Vitek, que contem multivitamínicos, mas também creatina, e produtos como Tribooster Biotech, que contem multivitamínicos e testosterona.

A mostrar todos os 3 resultados

QNT CREATINE MONOHYDRATE

15.00
0Avaliações

A creatina aumenta o desempenho físico em explosões sucessivas de curto prazo, o exercicio de alta intensidade. O efeito benéfico é obtido com uma dose diária de 3gr de creatina. Recomenda-se tomar durante 4 semanas consecutivas e várias vezes durante o ano. PESO: 800gr; USE: Misture 6gr em água ou sumo, todos os dias.

Comparar

QNT CREATINE X3

15.00

QNT CREATINE X3

15.00
0Avaliações

Esta fórmula avançada é uma mistura de 3 creatinas entre os quais o monohidrato de creatina. Creatine X3 Elite ajuda a aumentar o desempenho físico na explosão sucessiva de curto prazo, exercícios de alta intensidade. Cada porção contém amido de milho ceroso, beta alanina, taurina, cromo e vitamina C. Este produto é ideal para consumir […]

Comparar